terça-feira, 12 de maio de 2009

4. Elementos pré-textuais, textuais, pós-textuais...

Não se assuste com o palavreado. É simples, simples.
Elementos pré-textuais são aquelas primeiras páginas que todo trabalho científico apresenta:
capa, folha de rosto, folha de aprovação, agradecimentos (opcional), dedicatória (opcional), epígrafe (opcional) resumo, abstract (resumo, em inglês), listas (de tabelas, abreviaturas, símbolos... Mas, claro, só se você usou esses recursos), sumário.
Elementos textuais abrangem: introdução, desenvolvimento e conclusões. Se você tiver sugestões ou recomendações a dar ao final da pesquisa, estas também farão parte dos elementos textuais.
Elementos pós-textuais: referências bibliográficas (obras que você citou), bibliografia consultada (livros que você consultou, mas não citou) e, ainda, obras indicadas (aquelas que eventualmente você queira indicar, por considerar importantes para quem se interessar pelo tema de sua pesquisa). Também são elementos pós-textuais: apêndice, anexos, glossário (se for o caso).

Obs. A Errata é utilizada quando há erros de impressão (erros gráficos, em outra linguagem). Você indica a página e apresenta o elemento (palavra, data ou qualquer outro) devidamente corrigido: "Página 15..... Onde se lê Atre, leia-se Arte". Deve vir em papel separado, depois da folha de rosto.

(Quando há muitos erros, a pessoa corre o risco de usar também uma toalha de rosto... para enxugar as lágrimas!... Brincadeira à parte, revise seu texto muitas vezes. Pague, se for preciso, mas apresente um texto impecável. A Banca vai reconhecer seu cuidado, pode crer.)
Bom proveito!

10 comentários:

lalaine disse...

Oi profa!!!!

Queria saber como se referencia um outro trabalho, como uma Monografia, Dissertação ou Tese.

Nivaldete disse...

Simples assim:
"BUFFA, Ester. Crítica histórica das ideologias subjacentes ao conflito escola particular-escola pública (1956-1961). 1975. 154 p. 1975. 154 p. Dissertação (Mestrado em Educação) Unimep. Piracicaba."

Coloquei entre aspas porque se trata de um exemplo tirado do livro de Antônio Joaquim Severino (Metodologia do Trabalho Científico)
É só você adaptar. E colocar em itálico o título, pois aqui não há recurso.Boa sorte!

Nivaldete Ferreira disse...

Elaine, esse ex. é para teses não publicadas. Se estivesse publicada, claro, a referência seria do mesmo modo que se faz de livro. Disponha.

Nivaldete disse...

Esqueci de colocar a referência completa do livro (vc cita nas suas referências (Obras consultadas):
SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho cientídico. 23ªed. rev. e atualizada. São Paulo: Cortez, 2007

lalaine disse...

Esse 154 p. É a quantidade de páginas da dissertação?
Então fica:
1)Nome do autor
2)Título
3)Não entendi a parte de (1956-1961)
4)Quantidade de paginas? --154p.--
5)Dissertação, Monografia, Tese + (Definição da graduação)
6) Instituição

É isso?

Nivaldete disse...

154 é o n. de pag., sim. A data entre par~entese é o período pesquisado. A referência é quase igual à de livro, só mudam os elementos finais.Se for dissertação, vc coloca como está no modelo. Se for tese, é só substituir a palavra.Acho q ficou claro agora, não é, pesquisadora?

Nivaldete disse...

Coloquei um link sobre referência bibliográficas, eletrônicas e outras... facilita... (veja barra lateral direita)

Cleidine Linares Rodrigues disse...

Esse foi o melhor resultado que encontrei na Web.Está bem resumido,bem explicado.Parabéns**

Monelley disse...

Perfeito. Ajudou-me muito. Obrigada!

Nivaldete disse...

Valeu, então, o esforço. Um abraço e bom trabalho.